Escola-Arte-Danca-Suzano-logoblog01-square

Bailarinos negros que nos inspiram

08/06/2020

Estamos vivendo um momento de revolução, onde o apoio ao movimento antirracista, tomou força nas ruas e redes sociais. Além de só apoiar devemos procurar aprender mais sobre.
Separamos essa matéria para exaltar grandes profissionais da dança que enfrentam dois tipos de preconceito – gênero e raça.


Afinal, a dança ainda é vista pela grande maioria como coisa de menina, inclusive modalidades mais delicadas como ballet.


Acompanhe a história desses ícones, homens pretos bailarinos. 

Juntos vamos tentar quebrar todos os tipos de preconceitos seja ele dentro ou fora da dança.

Ismael Ivo 

Vamos começar por Ismael Ivo, brasileiro, nascido na Vila Ema, Zona Leste de São Paulo. 

Ivo foi criado apenas por sua mãe, que foi sua maior incentivadora diante aos desafios da vida.

Seu interesse pela dança começou muito cedo, com toda sua vocação conseguiu uma bolsa de estudos na escola Dança moderna e integrou o corpo de dançarinos do Teatro de Dança Galpão. 

Em uma apresentação de ballet solo na Bahia em 1983, o norte-americano Alvin Ailev ficou impressionado com seu trabalho e ajudou Ismael com a carreira internacional.

No ano seguinte Ivo mudou para o exterior e com o diretor artístico Karl Regensburger fundou um dos maiores festivais internacionais da Europa de dança contemporânea ImPulsTanz em Viena.

Mas não parou por aí, Ivo também trabalhou com diversos diretores e coreógrafos como a alemã Pina Bausch, o norte-americano William Forsythe e a performer sérvia Marina Abramovic.

Foi o primeiro negro e estrangeiro a dirigir o Teatro Nacional Alemão, em Weimar.

Após 33 anos fora do Brasil, recebeu um convite da Secretaria Municipal da Cultura de São Paulo para dirigir o Ballet da cidade de São Paulo, onde também foi o primeiro negro a ocupar o cargo. 

Sua arte foi validada em vários lugares do mundo e colocou o ballet brasileiro em uma rede muito potente. Torna-se um mediador.

Ronald Sheick

O segundo brasileiro da nossa lista é o Ronald Sheick, nascido e criado na comunidade da Vila do João, complexo da maré no Rio de janeiro. 

Ronald entrou para o mundo da dança aos 13 anos, onde conheceu o hip hop, e  funck misturado ao gingado de B-boy com a manha do Passinho. Profissionalmente, atuou no musical “Na Batalha”, apresentado pela Nike, que o levou para grandes eventos como “Lincoln Center Out Of Doors”, em Nova Iorque e o “Ted Global -Rio ,(RJ)”.

Hoje em dia faz parte do corpo de dança da Cia #Passinho onde já se apresentou na em vários estados brasileiros, além de outros países como Suíça e Colômbia. Além de fazer parte do Grupo Heavy Baile e dar aulas de passinhos.

Sheick já foi jurado em grandes batalhas uma delas foi o “Rio H2K”, já se apresentou na abertura de Jogos Olímpicos Rio 2016 e é colaborador do Sindicato de Dança do Rio de Janeiro na categoria “Passinho”. 

Levou por diversas vezes a cultura da favela e do passinho para diversos lugares do mundo. 


 Tago Oli 

Tago também começou novo no mundo da dança, aos 10 anos de idade já era bailarino, se formou em teatro e danças urbanas. Sua primeira aparição profissional foi no clipe do Rapper MV Bill, desde então fez diversos espetáculos por todo o Brasil. Passou por aulas de coreógrafos de grandes artistas, como Lady Gaga, Beyoncé, Pussycat Dolls…

Tago também já trabalhou com Lorena Simspon e coreografou o show da cantora Lele no Rock In Rio.  

Hoje ele continua viajando o Brasil lecionando workshops e é professor de Jazz Funk.

Jonathan Neguebites

Jonathan Neguebites como é chamado no mundo artístico é campeão de diversas batalhas como Batalha da Flupp no Morro dos Prazeres em 2012, batalha da Coca-cola no Batan em 2013, Desafio do Passinho Shopping Jardim Guadalupe em 2015 e Batalha dos Cria no Festival Hip Funk no Fumacê 2016. 

Hoje em dia Jonathan também faz parte como dançarino da festa Heavy Baile, além de ministrar aulas de passinho. 

Todos com uma história de vida incrível e inspiradora, com muitas barreiras durante o caminho, mas sempre com garra e persistência. Nunca deixaram de acreditar em seus  sonhos. 

Para acompanhar mais novidades e curiosidades do mundo da dança confira o blog da Arte Dança, toda semana um tema diferente.

Acompanhe também nossas aulas on-lines  CLIQUE AQUI.

 

 

 


ALGUMA DÚVIDA? ENTRE EM CONTATO!

Por favor, insira seu nome.
Por favor, escreva sua mensagem.

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!

A Escola Arte Dança iniciou suas atividades em 22 de abril de 2008, com o objetivo de difundir a dança de salão com aulas de forró, bolero, samba de gafieira, salsa, samba rock e tango, outras modalidades de dança foram surgindo como a dança do ventre, street dance, jazz, sertanejo, vanera e também, coreografias para eventos e casamentos.
Continuar lendo...

:: Copyright © 2018 Escola Arte Dança Suzano ::
Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: WTND